Pesquisa personalizada

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

(E)terno Vencedor


Presença confirmada,
Feira da Alegria.
Tua festa preparada,
Raça, força e sintonia.

Ventos do sul atraem raridade,
Dia a dia arraigada em sucessos,
Da Vila - Francisco Xavier Ferreira – à Cidade,
Passando o alvorecer dos teus progressos.

Rapidamente teus esforços reconhecidos,
Noite e dia de trabalho,
Vaidades da Lusitana terra, filhos acolhidos,
Do Império a mais fina gota de orvalho.

Mar e lagoa brindam seu redor,
Já vou Cassino, maior em extensão e mar fecundo,
É o povo eterno vencedor,
Rio Grande melhor cidade do mundo!

Poema inscrito no Concurso Seiva da Terra da Fearg 2010, o mais legal foi que quem ganhou o concurso e as homenagens prestadas foram pra membros do grupo que organizou o concurso... lamentável!
Porém, deixo aqui minha arte que fala de minha terra e protesto merecedor (Deixo esta última parte encarregada aos caçadores de enigmas poéticos, mas fale baixinho hein?!)

6 comentários:

Gotas de Ácido disse...

Tava devendo uma visita aqui!! =P

Muito bommm teu Blog!
Vou devora-lo e lerei tudo!
(ta certo "lerei"?? Ou é Not Found?)

Beijo!!!!!

Arroba disse...

Grande novidade! Fica muito dificil singrar no mundo da poesia ou da prosa poética! São sempre os mesmos a ganhar, e depois...juri e jurados servem-se a si próprios!!!

Rodrigo Rocha disse...

Ana muito legal o poema
Um grande abraço e sucesso

Anônimo disse...

Demais tchê, ja estou seguindo vcs!
(O-crazy50) O Louco sem Rosto

Margleice Pimenta disse...

Ana,
Obrigada pela visita e comentário...
Gostei tb do teu blog, é bem interessante.
Abçs

Wellington disse...

Muito bom o poema, Ana!!

Quanto ao concurso poético.. de fato, no Brasil são poucos os concursos literários verdadeiramente sérios.

Presença!!